resep kue kering

resep kue

Pular navegação.
Início
Universidade Estadual de Maringá

Editora Eduem

:: SOBRE A EDITORA

 

A Editora da Universidade Estadual de Maringá (Eduem) foi criada em novembro de 2006, pela Resolução 030/06-COU, como órgão suplementar da Universidade Estadual 
de Maringá (UEM), vinculada à Reitoria. Mas, desde 1992, a UEM possui a tradição de editoração científica de livros e periódicos. Essas publicações eram realizadas por 
meio de um Programa de Editoração Científica ligado a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.
A Editora da Universidade Estadual de Maringá foi criada em 2006 e desde então, publicou 320 títulos novos. O Seu objetivo editorial é promover a divulgação trabalhos científicos, técnicos, didáticos, culturais e paradidáticos de interesse de pesquisadores de Instituições Científicas do país e do exterior nos mais diversos campos do conhecimento, bem como propiciar intercâmbios e convênios com diversas instituições, estimulando o desenvolvimento de coedições e parcerias.
A Livraria da Editora disponibiliza e comercializa livros publicados da Eduem e de editoras universitárias e comerciais do país. A Eduem participa, regularmente, de feiras e eventos nacionais e internacionais. Essa participação ocorre sob duas formas: através da participação de funcionários da Eduem/Livraria e por meio da Associação Brasileira  de Editoras Universitárias (ABEU), da qual ela é filiada. 
Observa-se, também, que anualmente a Editora obtêm financiamentos para a publicação de livros e periódicos. Em 2013, por exemplo, a Eduem foi contemplada com a aprovação com financiamento para publicação de 23 livros pela FAP/Fundação Araucária. A Eduem publica oito periódicos (Actas Scientiarum- todos qualificados no  Ranking da Capes) que também contaram com financiamentos da FAP e CNPq.

Os livros publicados pela Eduem obedecem os seguintes tramites:

a) Submissão da proposta por meio de formulário disponível no portal;
b) Avaliação prévia da proposta pelo Conselho Editorial;
c) Em consonância com a análise do Conselho Editorial, as propostas aprovadas são encaminhadas, as cegas, para a avaliação de, no mínimo, dois consultores  ad  hoc,  externos a UEM, pertencentes à área de interesse e de competência reconhecida no meio acadêmico-científico, por meio de parecer técnico-científico; 
d) Em casos de um parecer favorável e outro desfavorável, a proposta é encaminhada a um terceiro consultor ad hoc;
e) Após a avaliação dos consultores externos ad hoc e mediante a avaliação favorável destes é que o Conselho Editorial analisa e decide sobre a publicação da obra.